Ad Code


 


 

Coordenadores da saúde básica de Ilhéus chegam alcoolizados e criam transtorno no P.A da Conquista por não ter médico para lhes atender



Na madrugada deste sábado para domingo, mais precisamente 1:00h aconteceu um fato bem inusitado no Pronto Atendimento (PA) da conquista intitulado como UPA.

Um grupo de coordenadores da atenção básica de saúde pública de Ilhéus, chegou alcoolizado, criando um certo transtorno, pelo fato de não ter médico no PA e os membros do grupo queriam que as funcionárias aplicassem remédios em sua amiga de trabalhado que também é coordenadora e que estava também aparentemente alcoolizada, tudo isso foi relatado em vídeo por outra funcionária que não quis agir de forma incorreta por não ter nenhum médico para atender pacientes que chegassem com qualquer problema de saúde.

O grupo queria ainda ligar para um médico provavelmente amigo, para prescrever algum remédio para sua amiga coordenadora, após perceber que a funcionária não lhes daria privilégios, um dos coordenadores ainda iniciou uma gravação de vídeo tentando intimidar a ação CORRETA da funcionária do PA dizendo que a mesma estava negligenciando atendimento, quando a mesma informava que não poderia prescrever e/ou aplicar medicamentos sem a presença do médico.

De acordo com informações, o secretário teve que ir ao local para atender a todos, inclusive a subsecretária que estava na cadeira em situação ainda pior.

Um local para receber o nome de UPA tem que funcionar de fato, com médicos entre outros funcionários 24h, além de cumprir todos estes requisitos (clique aqui), portanto aquela unidade da conquista, de UPA só tem o nome.

Tentamos entrar em contato com a Secretaria de saúde para esclarecimentos, mas até o momento não obtivemos retorno.

O site INFOR ILHÉUS está aberto para que as funcionárias possam se esclarecer em nota.

Vídeo:



Postar um comentário

6 Comentários

  1. Eles como gestores sabiam que a unidade estava sem médico. Eles como gestores não providenciaram um profissional para atender a comunidade,mas no entanto exigiram que os profissionais que lá estavam,no cumprimento do dever,que fizessem atendimento sem respaldo algum.
    Já que o secretário foi lá atender esse grupo,pq não ficou de plantão para dar atendimento a população??? A turma aí foi do sagrado ( participaram do culto na assembléia de Deus e depois foram para a farra). Que equipe!!

    ResponderExcluir
  2. Todos aí estão certos !! Eu que estou errado de pagar tantos impostos , sabendo que no momento de uma precisão ,, a chance de ser bem atendido é muito baixa,, não sei se Ilhéus tem jeito não! Infelizmente

    ResponderExcluir
  3. Eu trabalhando em um local desse aí , mesmo como serviços gerais iria ligar para a SAMU e pedir para levar o paciente , para um hospital mais próximo uma vez que não estamos com a capacidade de atender no momento ,, . Infelizmente o ego aí está alto demais de ambos os lados!

    ResponderExcluir
  4. A profissional de saúde indo com a câmara na cara do cliente ,, ou contribuinte.. na última linguagem paciente. .. mais preocupada em expor a todos de que ajudar ,, alguém

    ResponderExcluir
  5. Já printei os meus comentários se o não expor vou postar os printes pois não ofendir ninguém::

    ResponderExcluir
  6. Eu moro na Conquista, já tive uma infecção intestinal terrível, fui lá...não tinha médico, tive que esperar 2 horas até 1 chegar. Além disso não emitem atestado. Não tem medicações direito....ali só tem nome mesmo. Além disso, péssimo atendimento.

    ResponderExcluir
Emoji
(y)
:)
:(
hihi
:-)
:D
=D
:-d
;(
;-(
@-)
:P
:o
:>)
(o)
:p
(p)
:-s
(m)
8-)
:-t
:-b
b-(
:-#
=p~
x-)
(k)

Close Menu