Ad Code


 


 

Povo passando fome e Câmara de Vereadores de Ilhéus faz farra de dinheiro público com publicidade

 


Segundo dados do Observatório Social do Brasil em Ilhéus, a Câmara de Vereadores gastou no mês de maio deste ano com agências de publicidade quase R$ 40 mil reais. A justificativa desta despesa é a necessidade de divulgar as ações da casa de leis, no entanto, o que se ver é que a maioria das publicidades serve apenas para elevar o nome do “gestor” presidente, Vereador Jerbson Moraes, o que configura crime, ao ferir o principio constitucional da impessoalidade. 

O relatório aponta que as agências de publicidades Avoar Comunicação (R$ 9.321,77), Gabriela FM (R$ 7.522,40) e Rádio Baiana (R$ 6.081,60) consomem sozinhas mais de R$ 22 Mil reais (+ de 50%) do montante de R$ 37.756,23 mil reais mensal pagos a 16 empresas de propagandas e publicidades.  

Em uma situação hipotética, não muito longe da realidade, o valor gasto mensalmente em um ano totalizaria mais de R$ 450 mil reais. Montante suficiente para melhorar a estrutura precária em que se encontra a Câmara de Vereadores atualmente. “Não temos condições nenhuma de exercer nosso trabalho no gabinete devido ao grau de insalubridade em que se encontra a Câmara atualmente”, disse um assessor parlamentar que não quis se identificar. 

No inicio do ano, por conta da queda do duodécimo, a Câmara de Vereadores de Ilhéus diminui o salário de todos os servidores da casa em quase 20%, e cancelou o ticket alimentação durante 7 meses de todos servidores, outro motivo que não justifica o gasto exorbitante com publicidade.

Fonte: Observatório Brasil


Vale lembrar que, na legislatura passada (2017/2020) três vereadores, entre eles, dois ex-presidentes da casa foram presos envolvidos em licitações fraudulentas e crimes de corrupção.


Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu