sexta-feira, 24 de julho de 2020

EXCLUSIVO/ ILHÉUS: SUTRAM APURA DENUNCIA CONTRA CHEFE DE FISCALIZAÇÃO

Imagem da Internet


Uma Sindicância foi instaurada na Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade - SUTRAM através da Portaria 019/2020, publicada no Diário Oficial de 07 de julho.

A redação do Blog apurou que a denuncia feita pelo Sindicato da Categoria aponta um suposto esquema através de Horas extras beneficiando alguns agentes de trânsito os quais declararam apoio ao prefeito Mário Alexandre em detrimento dos demais, tudo isso através do Chefe de Fiscalização Gabriel Lima, esse decidia quem ficava na escala de HORAS EXTRAS, quem recebia horas extras, quem trabalhava e quem ficava em casa. Com isso o denunciante disse que a ação do chefe de setor configura assédio moral e que feria o principio da isonomia não havendo o tratamento igual para com os Agentes de Trânsito, o que incomodou pelo fato de Gabriel colocar na rua agentes com comorbidades e outras doenças em meio a PANDEMIA e deixando em casa e com função gratificada 24 agentes, sem explicação.

A denuncia também se baseia no valor exorbitante do salário de Gabriel pelo fato de está recebendo vencimentos maiores do que o valor do cargo comissionado que ocupa, cuja simbologia é a mesma do de vossa senhoria, CCVI, R$ 3.600,00.

O denunciante solicita imediata abertura de procedimento para a investigação e se constatada irregularidade a imediatada cessação dos pagamentos e imediata devolução dos valores recebidos a maior, pelo tempo do recebimento, além é claro da responsabilização, civil administrativa e criminal do servidor que está usufruindo de vantagens ilegais e dos responsáveis pelas informações e em fiscalizar a gestão da Sutram.

A denuncia também foi protocolada na ouvidoria do governo e caso essas denuncias sejam comprovadas o Chefe de Fiscalização Gabriel Lima pode ate perder o emprego, deixando a farda por improbidade administrativa. A apuração esta em andamento e fatos novos devem ser apresentados essa semana com o depoimento de alguns Agentes.

Segue portaria da denuncia no diário oficial:


2 comentários:

  1. Inclusive quem fez essa denuncia infundada sem prova de nada, com uma denuncia caluniosa nunca trabalhou, sempre quis o mole, e só se aparece nos momentos positivos e tirar foto e tchau, ou seja se aparecer.
    Não estou aqui pra defender o colega até pq não tenho procuração pra tanto, mas gostaria que quem postou soubesse da realidade.
    Não existem esses 24 agentes que está na matéria, eu desconheço, nenhum agente com morbidade está na rua, ou seja aqueles que apresentaram *laudo médico* como amparo legal, quanto ao valor maior que o símbolo são as gratificações de Agente de Trânsito (anuênio e auxílio proteção) que não entram no símbolo, conforme entendimento do RH.
    Todo esse movimento aí nesta matéria é com único e exclusivo objetivo de denigrir a imagem de quem realmente está trabalhando e ajudando no projeto Sutram, pois Gabriel Lima executa com muita hombridade a sua função de chefe de fiscalização. Nesta toada, gerou esse ciúme por parte desse cidadão denunciante.
    Hoje eu o vejo como exemplo de determinação, confiança e eficiência naquilo que faz e conduz.
    Se hoje há uma mudança de postura e comportamento dos Agentes de Trânsito na rua perante o olhar crítico da sociedade - (sabemos que nem Jesus Cristo agradou a todos) - se deve ao trabalho de Gabriel Lima em conduzir aquilo que lhes foi atribuído.

    O bom dessas matérias que são feitas pra denegrir a imagem de alguém, e só querem olhar o lado mentiroso. Esse é o verdadeiro sentido do jornalismo?

    ResponderExcluir
  2. Gilson onde passa deixa rastro,eu mesma denúncia aqui em Itabuna quando era diretor do Detran,e responsável pela vistocar,ai é brabo,se apoiar o prefeito entra em cargo pra sugar.

    ResponderExcluir