Vereador Tandick Resende Faz Pré-candidato Recuar por Uso Indevido de Chico Bento




Ilhéus, 10 de abril de 2024 - Em um episódio digno de quadrinhos, o pré-candidato a prefeito de Ilhéus, Bento Lima, encontrou-se em apuros ao tentar se promover utilizando a imagem do famoso personagem Chico Bento, da Turma da Mônica, em sua campanha eleitoral. A manobra pouco ortodoxa rendeu-lhe uma notificação da empresa Maurício de Souza Produções, forçando-o a recuar rapidamente.


Tudo começou quando o vereador Tandick Resende, atento às movimentações da pré-campanha, encaminhou um ofício à empresa criadora da Turma da Mônica, denunciando o uso indevido do personagem. Em resposta, a Maurício de Souza Produções agiu prontamente, enviando uma notificação oficial ao pré-candidato, exigindo a cessação imediata do uso da imagem do querido caipira das HQs.


Ironias à parte, a tentativa de Bento Lima de associar sua imagem à do carismático Chico Bento revela um traço preocupante de sua estratégia política. Se, na ânsia de conquistar votos, já está disposto a se apropriar indevidamente de uma propriedade intelectual tão conhecida, o que mais estaria disposto a fazer se chegasse ao poder? Fica a reflexão para os eleitores de Ilhéus.


Curiosamente, a escolha de Chico Bento não poderia ser mais infeliz. Conhecido por suas travessuras no campo, incluindo a notória fama de "ladrão de laranjas", o personagem não é exatamente um modelo de conduta exemplar. Seria essa uma metáfora involuntária sobre a ética do próprio Bento Lima? Afinal, se ele já começa "roubando" a imagem de Chico Bento, será que Ilhéus deveria temer pelo futuro de suas "laranjas"?


Com essa notificação, a Maurício de Souza Produções reafirma a importância de proteger suas criações e deixa um recado claro para outros candidatos: criatividade e originalidade são fundamentais em uma campanha. Quanto a Bento Lima, resta-lhe agora repensar suas estratégias e buscar maneiras mais legítimas de conquistar a confiança dos eleitores de Ilhéus.


Resta saber se Bento Lima aprenderá a lição ou se, assim como Chico Bento, continuará metendo-se em confusões. A resposta, talvez, venha nas próximas páginas dessa curiosa história eleitoral.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu