Uso da Máquina Pública em pré campanha: Crime Eleitoral em cidades da Bahia




Em algumas cidades da Bahia, as pré-campanhas para a sucessão dos atuais prefeitos estão sendo marcada por um uso alarmante e ilegal da máquina pública. Agentes públicos, durante o expediente, se dedicam a denegrir adversários e promover candidatos, uma clara violação da legislação eleitoral brasileira. O Código Eleitoral, em seu artigo 73, é explícito ao proibir o uso de recursos e bens públicos para favorecer candidaturas.

Casos semelhantes, em diferentes localidades do país, já foram levados à justiça e resultaram em penalidades para os responsáveis. Essa prática é uma afronta à democracia e demanda a atenção da sociedade. É fundamental que denúncias sejam feitas e que medidas legais sejam tomadas para assegurar a integridade do processo eleitoral e o respeito à lei. A população deve exigir transparência e responsabilidade, fortalecendo assim os princípios democráticos que regem nossa nação.

Esperamos que em *ILHÉUS BA* essa prática não esteja ocorrendo.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu