CÂMARA DE ILHÉUS ABRE SINDICÂNCIA E EXONERA SERVIDOR SUSPEITO DE FRAUDE NO VALE ALIMENTAÇÃO


O Presidente da Câmara Municipal de Ilhéus, Paulo Carqueija (PSD), resolveu abrir sindicância e exonerou o servidor acusado de desviar o recurso de cartão de vale-alimentação de funcionários já exonerados para fins pessoais por parte de um servidor da Câmara.

As provas apresentadas pelo Vereador apontam para o chefe do setor de Recursos Humanos, Sr. Joedson Oliveira da Silva, como pelo menos um dos autores do crime.

Alcântara revelou provas contundentes (gravações de câmera de segurança e extratos do aplicativo da empresa BK), que mostram claramente pagamentos presenciais de Joedson em compras e refeições de estabelecimentos da cidade, exatamente no mesmo horário, local e data, que constam no aplicativo do cartão de um assessor já exonerado há vários meses da Câmara.

Vinicius explica que começou a investigação pois uma das pessoas atingidas era seu assessor, que descobriu sobre a irregularidade pois havia mantido o aplicativo instalado e percebeu a movimentação atípica.

Após a descoberta, ambos se movimentaram prontamente para tomar as medidas cabíveis, prestando queixa na polícia civil e encaminhando denúncia pormenorizada ao Ministério Público “Ele (o assessor) me avisou dessa irregularidade, registrou boletim de ocorrência na polícia civil, e já denunciamos ao ministério público.” Explica Vinicius.

Baixe o aquivo do Diário de Ilhéus 

Matéria do site Ilhéus.net

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu