Saúde desastre: Crianças em Ilhéus tem que ser atendidas na UPA por falta de local adequado



Um absurdo o que tá acontecendo em ilhéus, o prefeito Mário Alexandre está mandando nossas crianças recém-nascida para serem atendidas na UPA da avenida Esperança, isso porque não temos um pronto atendimento pediátrico em ilhéus.

Após o município encerrar o convênio com o hospital Vida Memorial, o município ficou sem atender todas as crianças que precisam de atendimento básico, após isso, as crianças que ficavam doentes teriam que ir para Itabuna, com isso, o hospital Materno Infantil abriu uma exceção até o município se organizar, mas o problema é que o prefeito Mário Alexandre como sempre acomodado nada fez, então o atendimento foi encerrado no Materno Infantil e o prefeito abriu pediatria na UPA, localizada na Av governador Roberto Santos, Esperança. 

O grande problema é que a UPA é um local foco de muitas doenças, devido ao grande fluxo de pessoas com todo tipo de doenças possíveis. Diante disso, como crianças recém-nascidas também têm imunidade mais baixa, ficam vulneráveis a qualquer doenças que aparecem diariamente na UPA.

Além da insalubridade local e vulnerabilidade, as crianças têm que esperar por horas para serem atendidas, conforme a denúncia desse pai, havia um casal que chegou anteriormente e disse que moram em sambaituba e chegaram na UPA às 17:50 e como já eram 21hs e não havia sido atendidos por atraso do médico, então não teria como voltar para casa no mesmo dia, isso por falta do ônibus, esse caso aconteceu nesta terça-feira (11).

Isso não pode continuar, esperamos uma resposta da secretaria de saúde acerca dessa situação e esclarecer aos pais e mães que não adianta levar nossas crianças no Materno Infantil, pois serão direcionados à UPA.


Vídeo

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu