O SILÊNCIO ENSURDECEDOR DO CONSELHO TUTELAR DE ILHÉUS: CADÊ O COENSINO?!

 


Está faltando profissional para acompanhar as crianças e adolescentes com deficiência em sala. Há pais que estão deixando suas obrigações que é competência da rede municipal de ensino do município. 

Há outra realidade que é aquele responsável que não dispõe de tempo para permanecer em sala com seu filho para a criança ser aceita na escola. 

E enquanto isso a Negligência acontece, pois se você hoje denunciar no Conselho Tutelar uma criança a partir de 04 anos fora da escola com certeza eles irão chamar os pais para conversar, porém quando é o Município quem negligencia como fica a atuação do conselho? Será que os órgãos já foram acionados? Será que há justificativa do município para o conselho tutelar?

Segundo o ECA o órgão é autônomo, mas sua atuação parece atrelada à vontade e interesse da prefeitura. O que será que acontece? O que será mais importante o cumprimento do direito da criança e adolescente ou a não atuação para não haver ruídos com o poder executivo? 

Lembrando que a eleição de conselheiro tutelar é em outubro e toda a população votante tem direito a voto! 

Logo mais, esses conselheiros estarão na sua porta, peça a eles que provem que atuaram junto ao interesse da criança e adolescente, principalmente nessa situação de negligência escolar... ou o ECA só funciona para as crianças típicas, sem deficiência? Fica o questionamento

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu