Interior da Bahia registraram muitas chuvas e intensos temporais em 24 horas.

    Foto: Rede Bahia.

A cidade de Barreiras, no oeste da Bahia, registrou 778 raios na quarta-feira (2), segundo informações do Climatempo. Segundo a prefeitura do município, choveu 42 milímetros nas últimas 24 horas.

Outra cidade que registrou fortes chuvas foi Jaguaquara, no sudoeste do estado. De acordo com a prefeitura da cidade, muitas ruas do município ficaram alagadas.

De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), choveu 62,06 mm nas últimas seis horas. A chuva forte ocorreu por volta de 15h e deixou a parte central da cidade alagada.

Na rua JJ Seabra, que dá acesso ao Fórum e a Câmara de Vereadores, os carros tiveram dificuldade para trafegar. A Defesa Civil Municipal informou que está em estado de alerta, porque a cidade tem vários pontos de risco e a previsão é que a chuva continue na localidade.
A cidade de Barreiras, no oeste da Bahia, registrou 778 raios na quarta-feira (2).

Em Guanambi, a chuva durou todo o dia. A chuva também começou forte por volta de 15h e provocou alagamentos em alguns pontos da cidade. Em algumas ruas a água subiu próximo da portas de casas e comércios.

Na Avenida Joaquim Dias Guimarães, no bairro São Francisco um carro ficou ilhado e precisou da ajuda dos Corpos de Bombeiros para ser retirado. Em outro ponto uma motocicleta foi arrastada pela chuva.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a cidade registrou 74 mm de chuva entre quarta e esta quinta-feira (3). A previsão é que a chuva continue nesta quinta-feira durante todo dia.

Outra cidade que registrou fortes chuvas foi Jaguaquara, no sudoeste do estado
Urandi (62 mm), Rio do Antônio (48 mm), Ibiassucê (37 mm), Tanque Novo (37 mm) Licínio de Almeida (29 mm) e Guajeru (19 mm) também registraram um volume significativo de chuvas.
Em Caraíbas, choveu 183,8 mm nas últimas 24h de acordo com os dados do Cemaden. Imagens feitas por moradores mostraram alguns estragos. A prefeitura do município registrou ocorrências de desabamento de muros e ruas esburacadas. No entanto, o órgão não considerou as situações como graves.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu