TRE apreende material de campanha irregular de Bolsonaro em MG.

   Foto: Estado de Minas.

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) apreendeu materiais de campanha de Bolsonaro com "fatos inverídicos" sobre Lula, alegando que ele perseguia igrejas e cristãos. A apreensão aconteceu no comitê do presidente e candidato à reeleição em Belo Horizonte.

"Constata-se nos aludidos artefatos, divulgação de fatos inverídicos, contendo desinformações, dentre eles, de que o candidato adversário, Luiz Inácio Lula da Silva, persegue as igrejas e os cristãos", afirma a juíza eleitoral Raquel de Paula Rocha Soares.

O TRE não divulgou imagens do que foi apreendido, mas especificou que se tratavam de panfletos que traziam desinformação sobre o candidato concorrente, focado em mentiras associando Lula ao fechamento de igrejas e perseguição ao público cristão.

Também foi constatada irregularidade quanto ao conteúdo de panfletos, com uso de informações inverídicas e que configuram propaganda negativa contra candidato adversário, ambas as práticas vedadas pela legislação eleitoral.

Segundo a última pesquisa Ipec, de 24 de outubro, Bolsonaro tem maioria entre os evangélicos, 60% contra 30% de Lula. O presidente tem focado a campanha com visitas a igrejas e sendo acompanhado por personalidades cristãs.

Do: G1

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu