STJ LIBERTA EMPRESÁRIO QUE ATROPELOU E MATOU DENTISTA EM ILHÉUS

 


A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concedeu habeas corpus ao empresário Tharciso Romeiro Santiago Aguiar, responsável pelo acidente que matou a cirurgiã-dentista Ranitla Scaramussa Bonella, de 23 anos, no dia 11 de junho passado, em Ilhéus.

Ranitla foi atropelada e morta ao retornar da praia. Ela atravessava a avenida Tancredo Neves (BA-001) em cima da faixa de pedestre, quando foi colhida pelo veículo que o empresário dirigia. Imagens mostram que Tharciso, após o atropelamento, parou o carro mais adiante. Ele usa um telefone celular. Logo depois, entra no veículo e deixa o local sem prestar socorro, conforme testemunhas. Tharciso alega ter acionado o socorro e deixado o local por temer pela sua integridade física.

No pedido à Corte Superior, Tharciso foi representado pelos advogados Aloisio Freire Santos, José Maurício Vasconcelos Coqueiro e Mariana Madera Nunes. Por sorteio, o processo coube à ministra Laurita Vaz, da Sexta Turma. A decisão foi proferida por volta das 16h10min desta segunda-feira (29).


De acordo com a certidão do STJ, à qual o PIMENTA teve acesso, o habeas corpus será publicado até esta terça-feira (30). Desde 26 de julho, Tharciso está preso no Presídio Advogado Ariston Cardoso, em Ilhéus.

Matéria do site O Tabuleiro 


Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu