Ad Code


 


 

Vários grupos vão manifestar nesta terça-feira na porta da câmara

 


Vários grupos de manifestantes decidiram se reunir em frente à Câmara de Vereadores de Ilhéus nesta terça-feira (26), às 15h, para exigir que o presidente da Casa, Jerbson Moraes (PSD), instaure a Comissão Especial de Inquérito (CEI) sobre o transporte público. O pedido de abertura da investigação foi apresentado por sete vereadores, número suficiente para iniciar a apuração, grupo do transporte alternativo, grupo dos rodoviários, grupo dos mototaxistas e o grupo misto estarão unidos no mesmo objetivo.

gota d’água no pote das reclamações sobre o transporte público foi a revelação de que a Prefeitura de Ilhéus aceitou pagar R$ 15 milhões às empresas Viametro e São Miguel. O acordo foi divulgado pelo vereador Tandick Resende (veja aqui).

Além do pagamento dos R$ 15 milhões, a Prefeitura aceitou aumentar a tarifa e vai permitir que as empresas cobrem passagem mais cara aos moradores dos distritos rurais. Está acordada também isenção de ISS para as concessionárias do transporte, com vigência mínima de 2 anos.

Quando soube dos termos do acordo, Jerbson Moraes o tratou como “absurdo” e não descartou a instauração da CEI (relembre).

Ouvida pela PIMENTA, a vereadora Enilda Mendonça (PT) disse que, uma vez instaurada, a comissão convocará qualquer pessoa ou autoridade pública cujo depoimento seja importante para a investigação (veja aqui).

O prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), ainda não se manifestou sobre a decisão do seu governo. Segundo a Prefeitura, o pagamento acordado é uma forma de subsídio (leia o esclarecimento aqui).

Matéria do site Pimenta

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu