Ad Code


 


 

Vereador Augustão foi taxativo em dizer que o legislativo não se interessa em resolver o problema do transporte público de Ilhéus

Augustão em entrevista ao Batv


A audiência pública sobre mobilidade urbana contou com a presença de representantes dos taxistas, motoristas de app, mototaxistas, empresa de ônibus, a professora universitária Peolla Paula e três outros e apesar de serem convidados, os representantes do executivo não compareceram, esses tomaram uma bronca do vereador Algustão que disse que esses não têm interesse no desenvolvimento do município e que quem quiser encontrar os mesmo é só ir em Salvador e Brasília, pois em Ilhéus eles dificilmente são encontrados.

A audiência foi produtiva, principalmente com o relatório apresentando pela professora universitária Peolla Paula feita pela parcela da comunidade Ilheense que, se aplicado no município iria contribuir para a mobilidades urbana do município.


Em tom irônico o vereador Augustão ainda disse que em Ilhéus as coisas acontecem tudo ao contrário, onde é o único lugar do Brasil onde 2+2 não são 4 e que é o único lugar onde o poste faz xixi no cachorro e ainda em tom de revolta Augustão disse que aqui em Ilhéus quem manda são as empresas porque o gestor não tem força para isso.

Em sua rede social o vereador escreveu 

"Infelizmente a prefeitura de Ilhéus não encaminhou nenhum representante, isso deixa claro que para o executivo Ilheense o sofrimento do povo não é assunto que merece ser discutido, não é prioridade, bem como, as demissões que estão ocorrendo, o turista que fica sem transporte e até mesmo a situação dos estudantes no retorno as aulas".

Vídeo:




Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu