Ad Code


 


 

COM CÂNCER DE TESTÍCULO, HOMEM PRECISA DE AJUDA

 


O tumor de testículo corresponde a 5% do total de casos de câncer entre os homens. É facilmente curado quando detectado precocemente e apresenta baixo índice de mortalidade.


No entanto, apesar de raro, preocupa porque a maior incidência é em homens em idade produtiva – entre 15 e 50 anos. Infelizmente foi o que ocorreu com Salassié Monteiro de Jesus, de 40 anos e morador do Alto Bela Vista, no Banco da Vitória, em Ilhéus.

O mais comum é o aparecimento de um nódulo duro, geralmente indolor, aproximadamente do tamanho de uma ervilha. Foi assim que ele descobriu o câncer há cerca de um ano. No entanto, os médicos descobriram tardiamente quando o tumor já estava espalhado por outros órgãos.

Salassié toma morfina para dor, pois segundo os médicos os tratamentos não estavam mais fazendo efeito. Ele está em casa, sendo cuidado pela família. “o sofrimento dele é grande, agora apareceu uma ferida nas costas, não tem como a gente internar ele, por que ele vai ficar lá jogado, aqui ele tem carinho tem amor e no hospital seria pior”. Disse Lucileide, uma tia.

Por conta da escária, ferida comum em quem fica muito tempo na mesma posição, como acontece em pacientes internados ou acamados, ele usa muitos lençóis e precisa de doações. Assim como de fraudas.

Ainda de acordo com a família, eles entraram em contato com o programa do Ministério da Saúde que é oferecido pela Secretaria de Saúde em Ilhéus, “Melhor em Casa” que dispõe de tratamentos no domicílio do paciente e com a mesma segurança de um hospital.

É importante lembrar que a detecção precoce do câncer é a estratégia para encontrar o tumor em fase inicial e, assim, possibilitar maior chance de tratamento.

Eles realizaram o cadastro e ficaram de uma vez por semana, fazer a limpeza dos ferimentos, e levar a assistência necessária. “Pedimos logo a Deus que faça alguma coisa pra aliviar o sofrimento dele, ele faz 41 anos daqui a dois meses. Os médicos já desenganaram, mas a gente tem esperança em Deus” disse a tia.

Membros do projeto amor ao próximo também ajudaram doando fraudas, óleo de girassol e alguns lençóis. Se você também pode doar lençóis ou ajudar de alguma forma Salassié, entre em contato pelo whatsapp: (73) 98185-1919.

Da Redação Ilhéus 24h

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu