Ad Code


 


 

Venda de botijão a 50 reais gera confusão, saiba aonde.

 O gás de cozinha foi vendido com um preço mais barato neste sábado (31), em ação do Sindipetro Bahia. O botijão de 13 kilos foi vendido por R$ 50 para moradores de baixa renda de Pituaçu. Foram disponibilizados 125 botijões para as primeiras pessoas que chegarem ao local, com limite de venda de um por pessoa. A comercialização foi na distribuidora da Brasilgás na Rua Gonçalvez Pevinda, número 351. 

“Além da solidariedade em um momento difícil para a população brasileira, atingida pelos preços exorbitantes dos gêneros alimentícios, da energia elétrica e dos derivados de petróleo (gasolina, diesel e gás de cozinha), a ação teve o objetivo de mostrar que é possível vender o botijão de gás de cozinha a preços accessíveis para a população, pois é inadmissível um botijão custar cerca de R$100”, afirma o diretor de comunicação do Sindipetro, Radiovaldo Costa.

A atividade também chama a atenção para a politica de preços praticada pela Petrobras, que ao adotar o Preço de Paridade Internacional (PPI), atrela os preços dos combustíveis no Brasil ao valor do barril de petróleo no mercado internacional, o que está levando aos aumentos constantes dos preços dos derivados de petróleo, como o diesel, gasolina e gás de cozinha.

O Sindipetro Bahia e outros sindicatos de petroleiros do país filiados à Federação Única dos Petroleiros (FUP) estão há quase dois anos desenvolvendo este tipo de ação, subsidiando os preços da gasolina, diesel e gás de cozinha. Na Bahia, já foram beneficiadas milhares de pessoas em cidades como Salvador, Itabuna, Alagoinhas, Feira de Santana, Ilhéus, Madre de Deus, Candeias, São Francisco do Conde, Mata de São João, Catu e Pojuca.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu