quinta-feira, 10 de junho de 2021

Caso Luca Lima: Exonerado no mês de Abril, ex-assessor declara que nunca houve rachadinha.

 


Após a oitiva das denunciantes do caso que envolve o Vereador Luca Lima, na última segunda-feira (07), muitas coisas começaram a serem esclarecidas, pois, até então, só existia a versão da acusação.

Nos dois primeiro vídeos divulgados nas redes sociais por blogs da cidade de Ilhéus e região, fica clara que, mesmo após dois meses de gravação, as denunciantes afirmaram que não possuem nenhuma prova que incriminem o Vereador. Para um advogado criminalista renomado da cidade, levando em consideração os depoimentos das três ex-assessoras, isso basta para que a comissão processante opine pelo arquivamento do processo contra o Vereador Luca Lima.

Hoje (10), foi divulgado mais um documento que faz parte do Processo. Um ex-assessor do Vereador de nome Edson Santos Reis, declarou que o vereador “nunca pediu e/ou solicitou divisão de proventos ou qualquer outra vantagem financeira”. Edson, que permaneceu por três meses na assessoria do Vereador, declarou ainda que “nunca transferiu seu salário de assessor parlamentar ao Vereador ou a terceiros”.

Vejam a imagem da Declaração assinada pelo ex-assessor do Vereador Luca Lima, Edson Santos Reis. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário