quarta-feira, 3 de junho de 2020

Prefeito de Salvador entrega cestas básicas para famílias de baixa renda, enquanto marão em Ilhéus apenas gasta os milhões em contrato com empresas de fora do município

A prefeitura de Salvador salta na frente mais uma vez e dá lição em outros municípios, nessa segunda-feria o prefeito de salvador ACM Neto com o programa "Salvador por Todos" começou a entregar quase 23 mil cestas básicas para famílias de extrema vulnerabilidade que não têm filhos matriculados em escolas municipais.

“Vai fazer muita diferença esse alimento, pois o meu cadastro do Bolsa Família está cancelado há um ano e eu estou desempregada. Tenho dois filhos para criar”, disse Andercícera Paula, 36 anos, moradora de Pau da Lima. Antes da pandemia, ela ainda conseguia sustentar a família com o dinheiro que conseguia vendendo salgados e com a contribuição do esposo, mas agora, por conta do isolamento social, todos ficam em casa e acabaram perdendo a renda. "
O marido de Andercícera recebeu a cesta nas mãos do prefeito ACM Neto (Foto: Valter Pontes/Divulgação)

“Os beneficiados são pessoas de Salvador em condições de extrema vulnerabilidade. A questão social é uma prioridade absoluta nesse momento”, disse o gestor municipal.  

As mais de 22 mil pessoas beneficiadas foram informadas do benefício pela equipe da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre). “Através dos dados do cadastro único, nós identificamos quais são as pessoas que vivem com até R$ 80 por mês ou que recebem até R$ 100 do Bolsa Família”, destacou a representante da Sempre, Ana Paula Matos. 

Enquanto isso em Ilhéus a humilhação sofrida pelos munícipes é algo surreal, em meio a pandemia muitas pessoas perderam seus empregos como fechamento to comercio, assim como crianças que estudam em creches que não são reconhecidas pela Secretaria de educação, como é o exemplo da creche escola NOVO CÉU no iguape, assim como famílias que estão tendo que viver com um misero kit "termo utilizado por mães e pais que receberam os kits alimentação" dado pela prefeitura aos alunos municipais.

Vale salientar que Salvador foi a primeira cidade a fazer cestas básicas e entregar aos alunos municipais e agora entrega cestas básicas ás famílias de baixa renda.

e ai fica a pergunta, MARÃO CADÊ OS MILHÕES QUE VIERAM PARA ILHÉUS PARA MANUTENÇÃO EM MEIO AO COVID? A ASSISTÊNCIA A PESSOA HUMANA TAMBÉM ENVOLVE MEDIDAS DE COMBATE AO COVID.

Nenhum comentário:

Postar um comentário