Ad Code


 


 

Ilhéus: A flexibilização das regras de isolamento social x Estrutura da saúde municipal


Mesmo contrariando critérios estabelecidos pela OMS, pelo governo do estado e entidades que representam a saúde, o governo Mario Alexandre flexibilizou as regras de isolamento social em Ilhéus,  decretando a reabertura do comercio em fases. É válido lembrar que hoje não temos vagas em leitos de UTI para tratar pessoas com COVID-19 e o hospital de grande capacidade atende vários municípios da região.

 De um lado uma pressão do setor comercial do município reclamando da falta de amparo financeiro por parte do Estado para manterem-se sem trabalhar  e por terem contas á pagar, do outro, uma cidade à beira de um colapso na saúde pela superlotação em seus hospitais disponíveis. No meio de tudo isso a real queda na arrecadação do município pesou para que o prefeito cedesse.

Para João França, jovem do bairro Teotônio Vilela e pré-candidato à vereador a reabertura do comércio em meio ao cenário que Ilhéus está é correr riscos sem as mínimas precauções necessárias. "Temos uma cidade ainda com números altos de casos de coronavírus, com estrutura de leitos lotadas, sub-notificação de casos que giram em torno de 30%, dito pelo próprio secretário de saúde do município, além de poucas medidas de contenção de casos. Assim, a tão comentada achatamento da curva não acontece e quem está exposto ao vírus pode está expondo a sua vida. Bom deixar claro que não somos contra a reabertura do comércio, mas que essa volta seja feita de forma responsável e que vidas sejam poupadas. Como exemplo temos a cidade de Feira de Santana que reabriu o comércio numa data e com 10 dias após os casos de coronavírus mais que dobraram. A pergunta que fica é: Ilhéus suportaria o avanço do número de casos em poucos dias?"

O cumprimento do decreto iniciou na quarta (03) e contém 4 fases com obrigações aos donos de lojas e aos clientes.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. A OMS esta provado que esta a serviço dos Países Comunistas pela dominaçao do Comércio Mundial pela sabotagem com Virus de Epidemias ja denunciadas por varios filmes ha anos.
    Ontem foi desmascarado a OMS e a Revista lancet com Materia Paga para prejudicar a medicina e os beneficios dos Remedios Cloroquina, Hidrocloroquina e Azitromicina sem levar em consideraçao a cura pelo mundo, isso por Bolsonaro e Trump declarar sua efetividade de cura.

    Sem a OMS apresentar outra medicaçao, 31000 mortes no Brasil criminosamente ocorreram, e o SUS virou o Caos.

    O comercio tem que voltar mesmo a funcionar.

    ResponderExcluir
Emoji
(y)
:)
:(
hihi
:-)
:D
=D
:-d
;(
;-(
@-)
:P
:o
:>)
(o)
:p
(p)
:-s
(m)
8-)
:-t
:-b
b-(
:-#
=p~
x-)
(k)

Close Menu