terça-feira, 30 de junho de 2020

34 FUNCIONÁRIOS DE ITÃO HIPERMERCADOS DE ITABUNA TESTAM POSITIVOS PARA O COVID-19 JÁ OS PROMOTORES FORAM BARRADOS DE ENTRAR PELA DIRETORIA DO MERCADO PARA FAZER O TESTE


Funcionários dos supermercados Itão em Itabuna, fizeram testes para Covid-19 nesta segunda-feira, 29. Os testes estão sendo realizados pela Vigilância Epidemiológica, com o apoio da Vigilância Sanitária e do Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador).

De acordo com informações, foram realizados 237 testes e 34 deram positivos para Covid-19. Na filial do São Caetano foram realizados 85 testes, com 22 positivados. Já no Centro Comercial, 152 funcionários realizaram os testes, tendo resultado positivo para 12 deles. Os trabalhadores que testaram positivo para Covid-19 deverão ficar em isolamento social por 14 dias.

Ainda nesta segunda-feira o supermercado antecipou o fechamento de suas lojas para proceder a desinfecção dos locais. O diretor da Vigilância Sanitária, Emerson Oliveira, solicitou ao supermercado a relação de todos os funcionários (com seus respectivos endereços) que estão afastados por atestado médico para que os testes sejam feitos em suas casas.

Mas o que mais causou estranheza, foi a ausência de promotores de vendas justamente nesta segunda-feira, dia de realização dos testes no Itão. Por este motivo, a Vigilância Sanitária solicitou à direção do supermercado que entre em contato com os promotores de vendas para que estes compareçam aos estabelecimentos na próxima quinta-feira, 02 de julho, para se submeterem à testagem.

Segundo informações, na mesma data serão testados os trabalhadores do supermercado Barateiro, no bairro São Caetano, além do depósito de distribuição do Itão, na zona industrial de Ferradas. Durante toda esta terça-feira, 30, os testes serão realizados na Fábrica dos produtos Padim.




Fonte: https://ipolitica.blog.br/itabuna-trinta-e-quatro-funcionarios-do-itao-testam-positivo-para-covid-19/

segunda-feira, 29 de junho de 2020

D. MARIZETE PRECISA DE DOADORES DE SANGUE O+


Os familiares de D. Marizete Conceição tem usado as redes sociais para pedir ajuda em doação de sangue.

"Olá pessoal!!!

Venho pedir encarecidamente o apoio da sociedade para ajudar a Sra Marizete Conceição Pinho de 65 anos, moradora do bairro Teotônio Vilela.

 A mesma foi diagnosticada  com Câncer na medula e precisa de sangue do tipo O+.

  Ela se encontra internada no Hospital Costa do cacau.

 Caso alguém tenha disponibilidade de está doando sangue, segue local para doação:

  Banco de sangue de ilhéus

  Rua do café
  Fundo do hospital São José

   Agradecemos o apoio de todos aqueles que possam ajudar não só fazendo a doação, mais também que possam compartilhar essa mensagem!!!"

MARIO ALEXANDRE APARECE EM UM VIDEO NO VIVA ILHÉUS SEM MÁSCARA NO MESMO AMBIENTE QUE SUA FAMÍLIA


Na noite do aniversário de Ilhéus, 28 de Junho  prefeito de Ilhéus que deveria está em isolamento social aparece em gravação parabenizando a cidade, mas o que chocou é que ele aparece sem mascaras no mesmo ambiente que uma criança e familiares, assim como um cinegrafista.

Pela gravidade da doença e pelo fato da "confirmação" da infecção por covid-19, a OMS exige o ISOLAMENTO SOCIAL, pois ao falar, tossir e espirrar, as vias respiratórias expelem gotículas de salivas o que é o bastante para infectar outras pessoas.

Os comentários nas redes sociais é de que isso foi tramado para que houvesse o adiamento da entrega da ponte, pelo fato de que a ponte já está pronta, entretanto o entorno que cabe a prefeitura executar, como a urbanização ainda não está pronta.

Inclusive em vídeo nas redes sociais o advogado e ativista social Mesaque Soares solicitou transparência do prefeito e que divulgasse o resultado do exame.

Assistam o vídeo:


VIGILANTES DO SUPERMERCADOS MEIRA TAMBÉM SOLICITA QUE SEJAM FEITOS TESTES DO COVID-19 EM TODOS DE SUA CLASSE


Através da grande repercussão das solicitações de testagens para o covid-19 em funcionários de supermercados de Ilhéus e de promotores de vendas, os procuraram o blog Infor Ilhéus para fazer essa matéria solicitando que seja feito exames neles também, visto que os vigilantes também tem contato direto com todos os funcionários que entram para trabalhar e todos os promotores de vendas, colhendo as temperaturas e fazendo revistas ao sair com mochilas ( inclusive este último ato é inconstitucional, mas as empresas obrigam).

Então fica este apelo ao secretario de saúde de Ilhéus o Sr. Geraldo Magela, para que assim como fez os testes em taxistas, que também seja feitos em funcionários de supermercados, promotores de vendas e vigilantes.

MARÃO PRIVILEGIA TAXISTAS EM DETRIMENTO AOS PROMOTORES DE VENDAS E FUNCIONÁRIOS DE SUPERMERCADOS


Na manhã desta segunda feira a secretaria de saúde de Ilhéus realizou várias testagens rápidas nos taxistas, na pagina oficial da prefeitura de Ilhéus no instagram, o prefeito colocou a seguinte legenda " Manhã de testes rápidos da Covid-19 para os MEUS AMIGOS taxistas de Ilhéus...".

O Prefeito demonstrou esse tratamento, pelo fato de que o presidente do SINDITAXI é Jailson Nascimento o mesmo que é presidente do Conselho Municipal de Trânsito ( COMUTRAN) e que autorizou o último aumento da tarifa do transporte público em Ilhéus, assim como aliado o filho de Jailson Nascimento o vereador Fabrício Nascimento.

Nessa mesma postagem uma internauta e possivelmente funcionária de supermercados fez um comentário cobrando as testagens em Supermercados também "Quando será feito os testes nos trabalhadores dos mercados? Tá tenso a situação!, isso só reforça o pedido que Uallessong tem feito em suas redes sociais, que se façam testes em todos os PROMOTORES DE VENDAS e funcionários de supermercados. 

A informação que chegou ao blog é de que a secretaria de saúde informou que não faria testes em funcionários de supermercados nem em promotores de vendas porque são funcionários de empresas privada, mas os taxistas também são empresas privadas, maaas como tem representantes amigos de marão, então têm direito em detrimentos de outros 

   

No ultimo teste feito em supermercados em Itabuna muitos funcionários,  assim como promotores de vendas testaram positivo para o COVID-19, então há uma mobilização para que aconteça em Ilhéus também.

domingo, 28 de junho de 2020

PSDB fecha as homenagens de aniversário da cidade de Ilhéus com uma mensagem de reflexão.


O PSDB/ILHÉUS está triste em ver a sua Princesa maltratada, destronada e desvalida nos seus 486 anos de existência. Mas a esperança é uma realidade que poderá se realizar no amanhã, se no hoje nos unirmos e decidirmos mudar para melhor. E você onde está? Cadê a sua voz e o seu grito pelo retorno da Princesa ao seu trono?

Assistam o vídeo com a voz de Mirinho Duarte:


Isolamento: Marão aparece sem máscara em foto com a família durante o “Viva Ilhéus”


O prefeito Mário Alexandre (PSD) testou positivo para o novo coronavírus. A prefeitura informou que Marão recebeu o resultado do teste na segunda-feira (22). Hoje, 28 de junho, o mandatário surgiu numa foto em família. No fundo da imagem é possível ver a tela onde Mário assistia a transmissão do Viva Ilhéus, espetáculo musical que marcou o aniversário da cidade.

O fato de Mário ser o único sem máscara na foto chama atenção. Isso porque uma pessoa infectada pelo novo coronavírus deve ficar em isolamento por 14 dias, e a máscara é uma barreira contra a disseminação do vírus via saliva. Estudos já demonstraram que o Sars-Cov-2, depois de expelido, continua ativo (capaz de infectar) por dias em determinadas superfícies. Portanto, o prefeito, que é médico, descuidou-se.

Fonte: Ilhéus comércio

sábado, 27 de junho de 2020

HOJE É O ANIVERSÁRIO DE LAUDICÉA CARVALHO, FELIZ ANIVERSÁRIO ...


Laudicéa Carvalho hoje completa 58 anos de vida e de muita contribuição na cidade de Ilhéus e cidades circunvizinhas, Laudicéia criou 4 filhos sozinha educando-os até que todos conquistassem a graduação, uma mulher que não tem medo de nada uma mulher que sempre foi pela família e que ama ajudar a todos. laudicéa criou os filhos para  a vida e ajudar ao próximo,  uma mulher que deixou uma historia em Ilhéus, um legado é querida em Ilhéus pelo seu belo trabalho prestado ao social, ela foi assessora de imprensa da prefeitura e da Câmara fazendo com que a informação chegasse com precisão e transparencia, na área da saúde é respeitadas desde a classe A até a classe D .. seu legado foi deixado com muita responsabilidade e uma historia bonita de ajuda e admiração de muita gente que a ama, construiu  uma linda história com muita dificuldades  e descriminação  pelo fato de ser mulher.

O BLOG INFOR ILHÉUS DESEJA TUDO DE BOM  E MUITOS ANOS DE VIDA.

17 funcionários dos Supermercados Meira e 1 promotor de vendas testam positivo para o coronavírus

Meira da Juracy Magalhães

Nesta sexta-feira, 26, os trabalhadores e trabalhadoras dos supermercados Meira fizeram testes para Covid-19. Os testes estão sendo realizados pela Vigilância Epidemiológica, com o apoio da Vigilância Sanitária e do Cerest (Centro de Referência em Saúde do Trabalhador), por meio da solicitação do Sindicato dos Comerciários de Itabuna. 

De um total de 148 testes, 18 deram positivos para Covid-19. Na filial da Juracy Magalhães foram realizados 79 testes, com seis positivados (cinco funcionários e um Promotor de vendas). Já no Centro Comercial foram testados 69 trabalhadores e trabalhadoras, com 12 positivados. Os trabalhadores que testaram positivo para Covid-19 deverão ficar em isolamento social por 14 dias e os supermercados devem ser fechados por 24 horas para proceder a desinfecção dos locais.

fonte: Fabio Roberto Noticias


(contribuição do blog)

No dia 25/06 o ativista social e promotor de vendas Uallessong solicitou por meio das redes sociais, que esses testes sejam feitos no município de Ilhéus em todos os supermercados e atacados para proteção de todos os funcionários e promotores de vendas. 

sexta-feira, 26 de junho de 2020

DENÚNCIA: SUPERINTENDENTE FINANCEIRO DA SEC. DE SAÚDE DE ILHÉUS OBRIGA PRESTADORES DE SERVIÇOS A ASSINAR DOCUMENTO ABRINDO MÃO DE 50% DO QUE TEM DIREITO, DIZ O PROGRAMA TROPA DE ELITE


Em uma live do Programa Tropa de Elite da Rádio Gabriela FM NO FACEBOOK, os apresentadores Robertinho Scarpita e Marinho Santos fizeram uma denúncia gravíssima contra a secretaria e saúde de Ilhéus. A denúncia consiste no descumprimento da LEI aprovada na câmara de Deputados e sancionada pelo presidente Jair Messias Bolsonaro.

A  Lei 13.992/2020 (Fonte: Agência Câmara de Notícias ) Suspende por 120 (cento e vinte) dias, a contar de 1º de março do corrente ano, a obrigatoriedade da manutenção das metas quantitativas e qualitativas contratualizadas pelos prestadores de serviço de saúde no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). 

A suspensão das metas não prejudica o repasse integral dos valores financeiros, previstos em contrato, aos prestadores de serviço do SUS. A nova lei determina também que será mantido o pagamento da produção do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (Faec), com base na média dos últimos 12 meses. (Fonte: Agência Câmara de Notícias)

Com isso o programa Tropa de Elite chama a atenção do Ministério Público, Vara da Fazenda Pública e Polícia Federal, pelo fato de que a secretaria de Saúde de Ilhéus está descumprindo essa Lei. Scarpita cita a Lei e referencia a situação de Ilhéus onde tem como Superintendente financeiro da Secretaria de Saúde de ilhéus Eduardo Nora, onde o mesmo convocou todos os prestadores para uma reunião onde obrigou que todos assinassem um documento compromisso abrindo mão de 50% (cinquenta por cento)  dos valores dos serviços prestados ao SUS (Sistema Único de Saúde) de Ilhéus, ação que foi julgada como criminosa pelos radialistas.

Uns dos prestadores de serviços mencionados foram, clinicas, laboratórios, etc, os radialistas continuaram questionando  " a quem interessa levar 50%, eles obrigaram os prestadores de serviços a assinarem o documento de 50% dos valores dos serviços prestados ao SUS Ilhéus?", questionamentos baseados na lei sancionada pelo presidente e 

Ainda questionou " a quem interessa? é a campanha batendo na porta? é dinheiro para se gastar na campanha?" então Scarpita conclui a denuncia abrindo o espaço da Rádio aberto para defesa de Eduardo Nora, já Marinho santos relata que o documento assinado pelos prestadores de serviços é sigiloso e Eduardo  Nora possivelmente não ligaria pelo fato de não conseguir explicar já que há sigilo no documento.

Assistam o vídeo:


Vamos orar pela saúde do enfermeiro Ailton Fernandes

Ailton Enfermeiro da Coci

José Ailton Fernandes de Matos, mais conhecido como Ailton enfermeiro, 60 anos, testou positivo para o novo coronavírus. Ailton deu entrada na central Covid-19, no centro de convenções, nesta sexta-feira (26), e aguarda transferência para UTI.

Atuando por mais de 40 anos nas áreas de alta e média complexidade no Hospital Coci, no bairro do Malhado, Aílton ficou conhecido nas redes sociais pelo jeito polêmico e temperamental ao se referir aos grupos políticos de Ilhéus. 

Justiça nega saída de Lukas Paiva da prisão para ver nascimento do filho

Lukas Paiva


Segundo o site Ilhéus Comércio...

"A defesa do vereador Lukas Paiva (PSB) pediu à 1ª Vara Criminal de Ilhéus autorização para que ele saia do presídio Ariston Cardoso, de forma temporária, para ver sua companheira dar à luz a criança que esperam. Conforme os advogados do edil, o parto natural deverá ocorrer entre o final de junho e o início de julho. A juíza Emanuele Vita Leite Armede negou o pedido.

Na decisão publicada na última terça-feira (23), a magistrada lembrou que, no entendimento do juízo, Lukas desrespeitou medidas cautelares que substituíram sua primeira prisão preventiva, o que motivou a segunda.

O vereador é réu em três ações penais por crimes que supostamente cometeu quando presidiu a Câmara de Vereadores de Ilhéus, entre 2017 e 2018. Também responde a uma ação civil pública. Todos os processos decorreram da Operação Xavier, do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA).

Os advogados argumentaram que a juíza poderia conceder a Lukas a mesma autorização dada a Leandro Silva Santos, outro réu denunciado pela Operação Xavier. Emanuele Armede, no entanto, decidiu que o precedente não se aplica ao caso de Lukas, pois Leandro estava em prisão domiciliar, e seu filho, numa unidade de terapia intensiva para recém-nascidos. “Nem havia notícia de que [Leandro] estivesse descumprindo ordem judicial”, acrescentou a titular da 1ª Vara Criminal de Ilhéus.

A defesa do vereador também argumentou que ele se apresentou voluntariamente à polícia. Em resposta, a juíza lembrou que, antes de fazer isso, Lukas “permaneceu foragido por mais de 60 dias”. “Por fim, registro não haver previsão legal para embasar o presente pedido, nos termos do art. 120 da LEP”, concluiu Armede.

As audiências de instrução de um dos processos penais respondidos pelo vereador estão marcadas para agosto. Veja aqui.

Cabe lembrar que a Justiça ainda não julgou nenhum dos processos contra o edil, que, como todo cidadão, é protegido pelo princípio da presunção de inocência."

Fonte: Ilhéus Comércio

Valderico Junior firma parceria para viabilizar transporte de comerciários em Ilhéus


O empresário Valderico Junior, presidente municipal do DEM, reuniu-se na quarta-feira (24) com Carlinhos da COOPROVI, a Cooperativa dos Proprietários de Vans de Ilhéus. No encontro, propôs que a categoria entre em acordo com a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) para transportar os trabalhadores do comércio enquanto os ônibus da cidade não podem circular devido à pandemia de Covid-19.

Hoje, sem os ônibus, cada lojista se vira como pode para transportar os trabalhadores. Com as vans, esse transporte vai custar o mesmo preço da passagem municipal.

Os motoristas de vans vão prestar o serviço seguindo os cuidados de prevenção contra o novo coronavírus, com limite de passageiros por viagem e uso obrigatório de máscara.

“Chegamos ao entendimento de que os proprietários de vans podem cobrar o mesmo valor do transporte coletivo comum e conduzirem os colaboradores das empresas do centro da cidade com mais segurança. Isso será bom para o empresário, que terá uma economia com transporte, e para o prestador de serviço, uma vez que terá esse veículo à disposição para uma viagem mais tranquila e segura”, explicou Valderico Junior.

Iniciado o diálogo, agora a CDL e a cooperativa vão alinhar os termos para fechar o acordo.


"EU NÃO FAÇO PROMESSAS, EU TENHO PROJETOS" DIZ CACÁ COLCHÕES

Imagem da internet


Na noite de ontem, 25, o site Ilhéus Eventos, comandado por Jhonnis Melgaço, transmitiu uma live na plataforma Instagram.
com o pré-candidato a prefeito Cacá Colchões. 

Durante a live, Cacá reafirmou seu compromisso com a cidade e apresentou projetos, principalmente para o turismo e a geração de empregos, suas principais bandeiras. O pré candidato falou da necessidade de atrair empresas para a nossa cidade e transformar a Avenida Soares Lopes em um verdadeiro complexo de lazer. O progressistas falou, ainda, de projetos que estavam em andamento na gestão anterior e não foram aproveitados pela atual gestão. "O projeto não era pra mim, era para a cidade de Ilhéus, precisamos administrar de maneira integrada, envolvendo todos que queiram colaborar por nossa cidade, independentemente de partidos", frisou. 

Cacá lembrou que “Não existe cidade turística boa para o turista e ruim para o seu povo”. De acordo com o candidato é preciso ter uma visão para futuro e pontuou três vertentes em potencial: a agricultura familiar, a indústria e o turismo. Para o fortalecimento da primeira vertente, é necessário ter um olhar mais atento aos distritos; já para a indústria e turismo ele citou formas de atrair o empresário, como por exemplo a construção do Parque Industrial, em uma fazenda na rodovia Ilhéus-Itabuna, na qual já tinha o decreto de desapropriação em 2016. 

Cacá lembrou também da força de estar em um partido com grande representação na Assembleia Legislativa e no Congresso Nacional para colaborar com a gestão. Outro ponto de destaque da Live foi o tema saúde e Covid 19.  Cacá citou a verba de 320 mil reais do deputado federal Cacá Leão para o Hospital São José, fruto de um pedido seu; além de uma parceria com o deputado Eduardo Salles e a Associação de Baiana de Produtores de Algodão (Abapa) que disponibilizou peças de algodão para serem usadas para confecção de máscaras que foram doadas aos mais necessitados. 
O comerciante finalizou agradecendo a todos que estão na linha de frente no enfrentamento da pandemia e afirmou que, caso eleito, fará uma grande gestão na saúde. “Eu não preciso ser médico para ser o melhor prefeito na área de saúde de Ilhéus”, ressaltou.

     Foto da live

quinta-feira, 25 de junho de 2020

ANTHONNY CONSEGUIU A UTI NEONATAL, FEZ A CIRURGIA E SE ENCONTRA BEM


Na noite desta quinta-feira a irmã de ANTHONNY, bebê que precisava de uma UTI neonatal, usou as redes sociais para agradecer a todos que colaboraram no sucesso da saúde de seu irmão que passa bem.




UALLESSONG, PROMOTOR DE VENDAS DE ILHÉUS SOLICITA TESTAGEM DO COVID EM MASSA EM TODOS OS PROMOTORES DE VENDAS E FUNCIONÁRIOS DE SUPERMERCADOS DE ILHÉUS AO SECRETÁRIO DE SAÚDE GERALDO MAGELA


O ativista social UallessonG Santos publicou nesta quinta-feira em suas redes sociais, um pedido ao secretário de saúde de Ilhéus Geraldo Magela, esse pedido consiste em fazer uma testagem em massa em todos os PROMOTORES DE VENDAS de Ilhéus, assi mcomo  em todos os funcionários dos supermercados e Atacados.

UallessonG é um ativista dos diretos da sociedade e usa muito as suas redes sociais para fazer reivindicações e muitas delas tem surtido efeito então, dessa vez, procurou olhar para a sua classe a dos PROMOTORES DE VENDAS que somam mais de 350 entre Ilhéus e Itabuna, assim como, centenas de funcionários de supermercados e Atacados, área que trabalha há 10 anos.

Os promotores de vendas tem contato diario com centenas de pessoas e segundo ele alguns promotores de vendas já foram infectados assim como funcionários de supermercados, inclusive parente de primeiro grau de uma colega sua faleceu devido ao COVID-19, então pelo fato dessa função ser um dos serviços essenciais ele acha plausível uma atenção do poder público.

Esse pedido reforça a solicitação do vereador Luis Carlo Esculta que pediu essa testagem nos supermercados, entretanto não estava incluso os promotores de vendas ainda assim parabeniza a atuação do edil. VEJA A PUBLICAÇÃO DE ESCUTA  no competente site do Jornal do Radilista


Acompanhe o vídeo e texto de Uallessong na pagina do faebook



"Se vocês que são centenas de funcionários de supermercados concorda então compartilha para conseguirmos. pois temos contato cm centenas de pessoas diariamente

Não editei o vídeo porque precisamos de agilidade nessa situação.

SOMOS QUASE 400 PROMOTORES EM ILHÉUS EM CONTATO DIRETO COM PESSOAS SÃ E TAMBÉM INFECTADAS, ASSIM COMO CENTENAS DE FUNCIONÁRIOS DE SUPERMERCADOS, ENTÃO PEDIMOS ENCARECIDAMENTE AOS NOSSOS GESTORES QUE FAÇÃO A TESTAGEM EM TODOS OS PROMOTORES DE VENDAS DE ILHÉUS ASSIM COMO TODOS OS FUNCIONÁRIOS DE SUPERMERCADOS, NO ASSAI, MEIRAS, GBARBOSA, RONDELLI, ALANA, POIS O ATACADÃO, MAXXI E MINEIRÃO O PREFEITO DE ITABUNA JÁ ESTÁ FAZENDO.

já tivemos casos de promotores de vendas e funcionário de supermercados infectados, assim como óbitos de familiar de promotora de vendas, isso não pode ficar oculto."


quarta-feira, 24 de junho de 2020

Adiamento das eleições para 15 e 29 de novembro é aprovado no Senado

Senadores votaram a PEC 18/2020 em dois turnos durante sessão remota nesta terça

O Plenário do Senado aprovou em votação remota o adiamento para os dias 15 e 29 de novembro, do primeiro e do segundo turnos, respectivamente, das eleições municipais deste ano, inicialmente previstas para outubro, em decorrência da pandemia de coronavírus.

O texto aprovado nesta terça-feira (23) foi um substitutivo do senador Weverton (PDT-MA) à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/2020. A matéria segue agora para análise da Câmara dos Deputados.

Com a previsão das eleições ainda para este ano, fica garantido o período dos atuais mandatos. A data da posse dos eleitos também permanece inalterada. Prefeito, vice-prefeito e vereadores têm mandato de quatro anos e tomam posse em 1º de janeiro.

A proposta torna sem efeito — somente para as eleições municipais deste ano — o artigo 16 da Constituição, segundo o qual qualquer lei que alterar o processo eleitoral só se aplicará à eleição que ocorrer após um ano de sua vigência.

O senador Weverton explicou que as eleições foram adiadas por 42 dias e com isso também os prazos do calendário eleitoral que estão por vencer:

— Em se confirmando esse texto na Câmara dos Deputados e virando lei, nós vamos manter o mesmo calendário eleitoral previsto para as eleições de 4 de outubro. Ou seja, o período de rádio e TV é o mesmo, o período de Internet é o mesmo, da convenção até o dia da eleição é o mesmo, nós fizemos apenas umas adaptações quanto ao calendário pós eleição por conta do tempo. Mas todos têm de ficar bastante atentos porque não houve aumento de tempo de TV, todos os tempos são os destinados na legislação.

Convenções e campanhas

As emissoras podem transmitir programas apresentados ou comentados por pré-candidatos até 11 de agosto. A partir dessa data, esse tipo de transmissão fica proibido.

A PEC define também o período entre 31 de agosto e 16 de setembro para a realização das convenções para escolha dos candidatos pelos partidos e a deliberação sobre coligações.

Até 26 de setembro, partidos e coligações devem solicitar à Justiça Eleitoral o registro de seus candidatos.

Após 26 de setembro, inicia-se a propaganda eleitoral, inclusive na internet. A Justiça Eleitoral convocará os partidos e a representação das emissoras de rádio e de televisão para elaborarem plano de mídia.

Partidos políticos, coligações e candidatos devem, obrigatoriamente, divulgar o relatório discriminando as transferências do Fundo Partidário e do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, os recursos em dinheiro e os estimáveis em dinheiro recebidos, bem como os gastos realizados em 27 de outubro.

Vai até 15 de dezembro o prazo para o encaminhamento à Justiça Eleitoral do conjunto das prestações de contas de campanha dos candidatos e dos partidos políticos e comitês, relativos ao primeiro e, onde houver, ao segundo turno das eleições.

A diplomação dos candidatos eleitos ocorrerá em todo o país até o dia 18 de dezembro.

PEC

Por acordo de líderes, os dois turnos da proposta de alteração do calendário eleitoral foram votados na mesma sessão. Na tramitação normal de uma PEC, o intervalo entre as votações é de, no mínimo, cinco dias. A matéria também passará por dois turnos na Câmara.

O relatório do senador Weverton reuniu três propostas numa só: a PEC 18/2020, do senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP); a PEC 22/2020, de José Maranhão (MDB-PB); e a PEC 23/2020, da senadora Rose de Freitas (Podemos-ES).

O relator ressaltou que a necessidade de isolamento social imposta atualmente à sociedade brasileira pode comprometer a realização do pleito, especialmente com eventos como as convenções partidárias e a própria campanha eleitoral. Weverton enfatizou que essa convicção é compartilhada por autoridades da área sanitária e especialistas da área eleitoral ouvidos em sessão temática promovida pelo Senado na segunda-feira (22), com a presença de senadores e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

— Face a todo esse quadro, fica claro que se impõe, então, o adiamento, que permitirá que possamos realizar com segurança e normalidade as próximas eleições, sem que seja necessária alteração do mandato dos atuais prefeitos, vice-prefeitos e vereadores ou daqueles a serem eleitos em 2020 — completou o relator.

TSE

Weverton ainda optou por autorizar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a promover os ajustes no cronograma eleitoral de acordo com a situação sanitária de cada município. A decisão se aplica, inclusive, ao estabelecimento de novas datas para o pleito, até o prazo limite de 27 de dezembro.

Isso inclui também o atendimento às sugestões de alguns senadores, como a do voto facultativo aos eleitores com mais de 60 anos, considerados integrantes do grupo de risco da covid-19, e a de ampliação dos horários de votação com a fixação de locais específicos como forma de reduzir a aglomeração de pessoas.  

Já quando se tratar de um estado, no caso de as condições sanitárias não permitirem a realização das eleições nas datas previstas, a definição de novo dia para o pleito caberá ao Congresso Nacional, por provocação do Tribunal Superior Eleitoral, instruída com manifestação da autoridade sanitária nacional e após parecer da Comissão Mista da covid-19.

Nova data

A definição da nova data não foi consenso da maioria. Alguns senadores entendem que não há necessidade de adiar as eleições por acreditarem em uma queda no números de casos de contaminados até outubro. Já outros, como Rogério Carvalho (PT-SE), Soraya Thronicke (PSL-MS) e Rose de Freitas sugeriram que a votação seja adiada para dezembro.

Ciro Nogueira (PP-PI), Alvaro Dias (Podemos-PR) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG), entre outros, defenderam a suspensão das eleições deste ano e a prorrogação dos atuais mandatos para coincidência de pleitos em 2022.  

— O adiamento apenas por 30 dias não vai resolver essa situação. A campanha já começou, nós vamos apenas estender o tempo dessa campanha. O melhor é não ter essa eleição porque vai prejudicar a população, nós vamos perder vidas nessa eleição. Eu defendo que nós adiemos para 2022, é o mais sensato, é o melhor — declarou Ciro Nogueira.

Para o senador Randolfe Rodrigues, essa medida violaria uma cláusula pétrea e seria como “se aproveitar do vírus” para prorrogar mandatos.

Em resposta, o relator ressaltou que a unificação das eleições é tema de reforma política e não está em discussão no momento.

— Neste momento, a matéria é o adiamento das eleições, em torno do qual a República se reuniu. A minha tarefa foi definir uma regra para esse adiamento. Se amanhã, porventura, com todas as opções que foram dadas, não der certo, e se a República entender que prorroguemos os mandatos, isso tem que ser um grande acordo, com “a” maiúsculo e não com “c” de casuísmo — destacou o senador Weverton.

Fonte: Agência Senado

Conheça as obras do estado em Ilhéus


Mesmo com os esforços concentrados para combater a pandemia de Covid-19 na Bahia, o Governo do Estado manteve um ritmo constante de obras. No sul da Bahia, o destaque é para a nova ponte do Pontal, que será entre à comunidade ainda este mês.

A nova ponte faz parte de Intervenções na infraestrutura, mobilidade, saúde e agricultura familiar. São ações que, segundo o governo do estado, têm assegurado oportunidades de emprego em todas as regiões e aberto o caminho para o processo de retomada das atividades econômicas que depende do controle das taxas de contágio do novo coronavírus e melhores índices de distanciamento social.

PONTE

Nova ponte vista pelo dia. Foto: divulgação

Com obras concluídas, a ponte do Pontal, em Ilhéus, deve ser entregue à população ainda em junho de 2020, após o término das últimas intervenções de paisagismo.

Com um investimento de R$ 99,5 milhões, o equipamento de 533 metros sobre o Rio Cachoeira vai incentivar a atração turística da região sul, além de melhorar a mobilidade de 511 mil pessoas que moram nas cidades de Ilhéus, Itabuna, Uma, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca.

A ponte tem uma formatação moderna, que valoriza ainda mais as belezas da Baía do Pontal. A estrutura também dá condições de escoamento da produção da região para outros modais como o Porto de Malhada e o futuro Porto Sul.

Duplicação da BA-001. Foto Diário Bahia

Com a construção da ponte do Pontal houve a necessidade de restaurar e duplicar um trecho da BA-001 (Hotel Opaba), em Ilhéus, até o entroncamento da BR-251 para dar mais fluidez ao fluxo de motoristas na rodovia. Os serviços estão em andamento em 2,7 quilômetros na Orla Sul da cidade. O investimento é de R$ 11 milhões.

Duplicação da BA-001. Foto: Diário Bahia
fonte: https://diariobahia.com.br/conheca-as-obras-do-estado-em-ilheus-e-outros-municipios-baianos/

ILHÉUS COMPLETA DIA 28 DE JUNHO 486 ANOS, CONHEÇA A SUA HISTÓRIA


A história de Ilhéus, que completa 486 anos neste domingo , 28, é tão antiga quanto a do Brasil, embora muita gente pense que sua trajetória se limite ao ciclo do cacau, que impulsionou a autonomia política do Município. Logo após o descobrimento do Brasil, em 1500, o rei de Portugal, Dom João III, resolveu dividir a colônia em Capitanias Hereditárias, com o objetivo de povoá-la mais rapidamente. A Capitania de São Jorge dos Ilhéus, como viria a ser chamada, foi doada ao fidalgo português Jorge de Figueiredo Correia, em 1534, através de Carta Régia registrada em Évora.

Segundo a carta de doação, a Capitania ficava “quase no meio do continente brasileiro”. Com 50 léguas, sentido norte-sul, começava na ilha de Tinharé, vizinha à ilha de Itaparica, até a ilha de Comandatuba, no limite da Capitania de Porto Seguro; no sentido leste-oeste, “entrando na mesma largura pelo sertão e terra firme adentro tanto quanto puderem entrar”, a primeira geografia de Ilhéus incluía a região de Brasília, hoje Capital Federal.

O donatário Jorge Figueiredo Corrêa nunca esteve em suas terras. Mandou em seu lugar o capitão-mor espanhol Francisco Romero para administrar o território e uma das primeiras vilas da história do Brasil. A caravana de Romero, com os primeiros colonos, chegou à Capitania em 1535, atracando inicialmente em Morro de São Paulo, e transferindo-se em seguida para Ilhéus. A cidade foi fundada no Outeiro de São Sebastião, em frente à Baía do Pontal, onde está localizado o marco de fundação.

A vila recebeu o nome de São Jorge dos Ilhéus em homenagem ao donatário da Capitania, que era devoto de São Jorge, escolhido como santo padroeiro da cidade. Os primeiros anos de colonização foram marcados por intenso conflito com os índios tupiniquins e aimorés. De Portugal, o donatário procurava desenvolver a Capitania doando sesmarias a destacadas figuras do reino, que mandaram instalar engenhos de açúcar a fim de crescer a população e o comércio.

Uma das doações foi feita, em 1537, a Mem de Sá, mais tarde o terceiro Governador Geral do Brasil, que ganhou a sesmaria do Engenho de Santana, às margens do Rio Sant’Ana, hoje distrito de Rio de Engenho, que à época muito prosperou. A Vila de São Jorge chegou a ser a mais próspera e rica de todo o Brasil. Pelo menos, no governo de Tomé de Souza, Ilhéus era considerado o maior centro econômico da colônia Brasil.

Mais tarde, o colonizador Francisco Romero entrou em luta contra os colonos, que se amotinaram, prenderam-no e o deportaram para Portugal. Com a morte do donatário Jorge Figueiredo Correa, em 1551, o filho mais novo, Jerônimo de Alarcão de Figueiredo, conseguiu licença para vender a capitania a Lucas Giraldes, que faleceu em 1565, deixando-a com o filho Francisco Giraldes, que, em 1588, foi nomeado Governador do Brasil, morrendo um ano e meio depois.

A partir daí, a Capitania contraiu muitas dívidas, administrada por Maria Giraldes, filha de Francisco, que a perdeu em 1620. Um período de muitas dificuldades se sucederam, e em 9 de junho de 1754, Ilhéus passou a ser uma capitania oficial, voltando a pertencer à Coroa Portuguesa. Em 1760, criou-se a Comarca de Ilhéus.

A Capitania se desenvolveu através de ciclos econômicos como os de produção de farinha e de cana de açúcar. Tem-se notícia de que a partir do início do século XIX, começou um período de forte imigração de europeus e de sírios e libaneses para Ilhéus. Em 1818, os suíços Pedro Weyll e Saneraker adquiriram terrenos, e quatro anos depois trouxeram cerca de 161 colonos alemães para a região. Em 1870, um núcleo de imigrantes do Norte do Brasil foi fundado à margem do Rio Cachoeira, considerado o embrião da atual cidade de Itabuna.  

 

Autonomia conquistada a partir do Ciclo do Cacau 

Plantado na Bahia em 1746, por Antônio Dias Ribeiro, em Canavieiras, o cacau iniciou uma era de prosperidade em Ilhéus. A expansão da lavoura cacaueira se deu na segunda metade do século XIX, e posicionou a Vila de São Jorge dos Ilhéus como uma das mais importantes da província da Bahia. Considerada sede de uma região próspera, Ilhéus motivou um movimento na Assembléia Legislativa Provincial baiana para a sua elevação à categoria de cidade.

O projeto foi apresentado no dia 4 de junho de 1881, pelo deputado Cônego Manuel Teodolindo Ferreira, e a lei sancionada pelo conselheiro João Lustosa da Cunha Paranaguá (Marquês de Paranaguá), no dia 28 de junho do mesmo ano, data oficial da elevação da Vila à categoria de Cidade. A solenidade de instalação da cidade ocorreu em 14 de agosto de 1881, na Câmara de Vereadores. Somente em 1939, o então prefeito Mário Pessoa da Costa e Silva transformou a data de 28 de junho em feriado municipal.

Com a cultura do cacau em abundância, Ilhéus atraiu imigrantes e forasteiros, e se consolidou como polo irradiador de desenvolvimento de toda a Região Sul da Bahia. Tornou-se o maior produtor de cacau, em nível de município, e influenciou diretamente o surgimento de cidades adjacentes, que também foram fundamentais para o status da lavoura cacaueira no cenário econômico da Bahia e do Brasil.

No século XX, Ilhéus conquistou obras de infraestrutura como ferrovia, abertura de estradas, porto, aeroporto, tornando-se sede de representações dos principais órgãos públicos do Estado e da União, como a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e o Instituto de Cacau da Bahia (ICB). Por volta de 1974, a cidade ganhou o Distrito Industrial do Iguape, onde foram implantadas indústrias processadoras de amêndoas de cacau para fins de exportação.  

Dona de muita beleza natural, de rica história e cenário de inspiração literária de escritores como Jorge Amado e Adonias Filho, Ilhéus também abriu as portas para a indústria do turismo, e muitos hotéis e pousadas passaram a compor a cidade a partir dos anos 80. Na área da educação, a instalação da Federação das Escolas Superiores de Ilhéus e Itabuna (Fespi), também em 1974, originou a criação da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), hoje uma referência no Nordeste na formação de nível superior, com importante produção científica, somente superada pela Universidade Federal da Bahia.

Em meados dos anos 90, o Distrito Industrial de Ilhéus, cujas indústrias sofriam os efeitos da crise da lavoura do cacau, ganhou um Polo de Informática, Eletroeletrônico e de Telecomunicações da Bahia, além de empreendimentos dos setores alimentício, químico, mármores e granitos, em virtude de incentivos fiscais concedidos pelos governos do Estado e do Município.

A crise econômica do cacau se aprofundou drasticamente, provocando desemprego na zona rural e avançado processo de expansão urbana que geraram demandas sociais inadiáveis para as cidades do sul da Bahia. 

INTENDENTES E PREFEITOS DE ILHÉUS 

João Baptista de Sá Oliveira – 1890/1892

Joaquim Ferreira de Paiva – 1892/1896

Ernesto Sá de Bittencourt Câmara – 1896/1904

Domingos Adami de Sá – 1904/1908

João Mangabeira – 1908/1912

Antonio Pessoa da Costa e Silva – 1912/1915

Manoel Misael da Silva Tavares – 1916/1919

Domingos Fernandes da Silva – 1920

Eustáquio de Souza Bastos – 1920/1923

Mário Pessoa da Costa e Silva – 1924/1928

Durval Olivieri – 1928/1930

Eusínio Lavigne – 1930/1937

Raimundo do Amaral Pacheco – 1937/1938

Mário Pessoa da Costa e Silva – 1938/1943

Eunápio Peltier de Queiroz – 1943/1945

Álvaro Melo Vieira – 1946/1948

Artur Leite da Silveira – 1948/1951

Pedro Vilas Boas Catalão – 1951/1955

Herval Soledade – 1955/1959

Henrique W. Cardoso e Silva – 1959/1963

Herval Soledade – 1963/1967

Nerival Rosa Barros – 1967/1969

Afro de Barros Leal Neto – 1969

João Alfredo Amorim de Almeida – 1969/1971

Edmon Darwich – 1971/1973

Ariston Cardoso – 1973/1977

Antônio Olímpio Rhem da Silva – 1977/1983

Jabes Souza Ribeiro – 1983/1988

João Lyrio – 1989/1992

Antonio Olímpio Rhem da Silva – 1993/1996

Jabes Souza Ribeiro – 1997/2000 – 2001/2004

Valderico Reis – 2005/2007

Newton Lima – 2007/2008 – 2008/2012

Jabes Souza Ribeiro - 2013  


ALGUMAS FOTOS ANTIGAS, ALGUNS AUTORES DESCONHECIDOS











CONHEÇA TODOS OS INTENDENTES E PREFEITOS DE ILHÉUS DESDE 1890 ATÉ 2020


INTENDENTES E PREFEITOS DE ILHÉUS 


João Baptista de Sá Oliveira – 1890/1892

Joaquim Ferreira de Paiva – 1892/1896

Ernesto Sá de Bittencourt Câmara – 1896/1904

Domingos Adami de Sá – 1904/1908

João Mangabeira – 1908/1912

Antonio Pessoa da Costa e Silva – 1912/1915

Manoel Misael da Silva Tavares – 1916/1919

Domingos Fernandes da Silva – 1920

Eustáquio de Souza Bastos – 1920/1923

Mário Pessoa da Costa e Silva – 1924/1928

Durval Olivieri – 1928/1930

Eusínio Lavigne – 1930/1937

Raimundo do Amaral Pacheco – 1937/1938

Mário Pessoa da Costa e Silva – 1938/1943

Eunápio Peltier de Queiroz – 1943/1945

Álvaro Melo Vieira – 1946/1948

Artur Leite da Silveira – 1948/1951

Pedro Vilas Boas Catalão – 1951/1955

Herval Soledade – 1955/1959

Henrique W. Cardoso e Silva – 1959/1963

Herval Soledade – 1963/1967

Nerival Rosa Barros – 1967/1969

Afro de Barros Leal Neto – 1969

João Alfredo Amorim de Almeida – 1969/1971

Edmon Darwich – 1971/1973

Ariston Cardoso – 1973/1977

Antônio Olímpio Rhem da Silva – 1977/1983

Jabes Souza Ribeiro – 1983/1988

João Lyrio – 1989/1992

Antonio Olímpio Rhem da Silva – 1993/1996

Jabes Souza Ribeiro – 1997/2000 – 2001/2004

Valderico Reis – 2005/2007

Newton Lima – 2007/2008 – 2008/2012

Jabes Souza Ribeiro - 2013 

FONTE: Site da prefeitura de Ilhéus

MULHER TEM SINTOMAS DO COVID HÁ 21 DIAS, NÃO FEZ AINDA O TESTE DE CONFIABILIDADE E CONTESTA FALTA DE EQUIDADE EM RELAÇÃO AO TESTE DO PREFEITO


Uma paciente em Ilhéus procurou o blog INFOR ILHÉUS para relatar um drama que vem vivendo há 21 dias sem saber de fato se tá infectada ou não pela COVID-19.
Desde que o Covid-19 entrou em Ilhéus e a secretaria de saúde criou  a central de atendimento com por celular e atendimento domiciliar vem recebendo várias reclamações da população, tanto pela dificuldade de contactar com a central, como de fazer o teste, pelo fato deles fazerem uma seleção de quem devem ser atendidos ou não.

A paciente que preferiu não se identificar informou que há 21 dias sofre psicologicamente com isso, pois só fez o teste rápido, sabemos que esse teste tem um baixo percentual de acerto no resultado final.

Ela queria fazer o exame do LACEN- Laboratório Central do Estado para que comprove de fato se está contaminada ou não com o vírus, assim como demonstra tristeza com a insensibilidade dos responsáveis da saúde, pelo fato de hoje dia 26/06 está completando 21 dias com sintomas, visto que antes da data da assinatura do atestado ela já havia 7 dias de sintomas, e comparou com o caso do prefeito que rapidamente "descobriram o que tinha" e o isolaram.

Em Ilhéus os números continuam aumentando e se continuarem a mendigar testes fazendo só quem está em grupo de risco, as pessoas continuarão se infectando e transmitindo o vírus, o mais correto seria uma testagem em massa, caso contrário essa bola de neve só vai aumentar.