sábado, 9 de maio de 2020

MAURO ALVES SUPERINTENDENTE DE MARÃO JA EMBOLSOU MAIS DE 100 MIL REAIS PASSEANDO PELAS PASTAS DA PREFEITURA DE ILHÉUS


Mauro Ferreira Alves, Superintendente do governo Mário Alexandre e hoje defensor ferrenho da atual gestão é de indicação da mãe do Prefeito Mário Alexandre a senhora Ângela Souza (investigada na operação Águia de Haia) por desvio de verba da educação.
Mauro Alves já vem vivendo de indicação há algum tempo atrás, como em 2011 quando a mesma ex Deputada Ângela Souza havia lhe indicado ao cargo de coordenador de Organização e Atendimento da Rede Escolar cargo que anteriormente era do PT e Ângela indicando Mauro segurava então este cabestro.

Na atual gestão Mauro Alves desde fevereiro de 2019 vem passeando pela pasta, onde iniciou a caminhada ganhando quase 13.000,00 reais, passando a receber até 3.400,00 e atualmente em 2020 vem recebendo um valor de 8.000,00.

Então, dando uma visitada ao portal da transparência da Prefeitura de Ilhéus analisamos esse passeio nas pastas e resumimos esse documento público da seguinte forma.

Fevereiro de 2019
Desde o início da gestão Mário Alexandre em 2016, o companheiro de política da Ex Deputada Ângela Souza ( investigada na operação Águia de Haia) Mauro Alves, só teve espaço no governo em Fevereiro de 2019, devido a Mário Alexandre não "se bater" muito com ele (é a conversa que rola por detrás dos bastidores), então por insistência dá ex Deputada investigada o prefeito lhe conferiu só em fevereiro de 2019 o luxuoso cargo denominado Cargo de Natureza Política Lotado na Sec. Munic. de Governo, recebendo uma remuneração de 12.397,50.

Março de 2019
Depois de um mês trabalhado Mauro recebeu um aumento de R$427,50 mas só durou esse mês e o mês de Maio, então o salário dele ficou de 12.825,00 quem não gosta de um aumento desse? 

Abril de 2019
Em abril Mauro não apareceu na folha de pagamento dá prefeitura, algo que criou estranheza é ficamos de procurar saber se ele foi demitido esse mês ou por "algum erro" não apareceu o seu holerite no portal dá transparência.

Maio de 2019
Mauro continua com mesmo salário do mês março ocupando assim o mesmo cargo do mês de fevereiro recebendo assim um valor de 12.825,00.

Junho de 2019
Já um junho a conversa já foi outra, o indicado da investigada passou a assumir o cargo de Superintendente e  teve os seus proventos reduzidos em mais de 2/3 passando a receber um valor de R$3.466.67 mesmo recebendo mais que um professor concursado ou contratado, essa redução foi um baque.

Julho de 2019
Em julho de 2019 Mauro Alves continuou no cargo de Superintendente lotado no gabinete do prefeito, entretando  em seus vencimentos houve mais uma alteração, não se sabe ainda os motivos, mas o indicado passou a receber um valor redondo de 8.000,00 mil reais mensais 

Agosto a dezembro de 2019
De agosto a dezembro de 2019 o indicado Mauro continuou recebendo o mesmo provento, sem sofrer alterações, com uma ressalva em seu décimo terceiro salário​ que foi de 4.666,67.

De janeiro a março de 2020
O indicado de Ângela Souza continua recebendo os mesmo 8.000,00 reais mensais sem sofrer alterações.

O portal dá transparência, até a data desta publicação mostra os salários dos funcionários até o mês de março de 2020 podendo então, nas próximas publicações sofrer algumas alterações. 

Com isso analisando o passeio de Mauro Ferreira Alves pelas pastas do município, assim como os seus mais variados salários podemos calcular que:

Desde fevereiro de 2019 até o mês de março Mauro Ferreira Alves embolsou dos cofres em forma de salário uma cifra de R$102.180,84.

Podendo chegar a 174.180,84 se o salário permanecer o mesmo de 8.000,00 até dezembro de 2020.


Nenhum comentário:

Postar um comentário