Ad Code


 


 

Valderico Junior elogia competência de Luciana Pauletti como líder comunitária


Valderico Junior, presidente do DEM-Ilhéus, cita a advogada Luciana Pauletti como modelo de ativista comunitária a ser espelhado. “Nos últimos anos, Luciana transformou seu trabalho na Zona Norte numa referência da força da mulher na política do município”, afirma Junior.
Essa história começou com a instalação de postes enormes de energia elétrica no bairro Jardim Savoia, em Ilhéus, que levou a advogada Luciana Pauletti (48 anos) a se interessar pelo movimento comunitário.
Em 2016, moradores da Avenida José Luiz da Fonseca e adjacências, com Luciana Pauletti à frente, decidiram criar a associação “AMA Savoia”. O objetivo inicial foi questionar a companhia de eletricidade (COELBA) e exigir contrapartidas para a comunidade, que de uma hora para outra, se viu repleta de fios de alta tensão e enormes estruturas de concreto.
A partir de várias assembleias com representantes da Coelba, a “AMA Savoia” conseguiu a construção de uma quadra poliesportiva e a reforma de uma praça. No local antes abandonado, foram plantadas mudas de árvores nativas da Mata Atlântica adequadas aos espaços urbanos.
Em 2016, trinta moradores e membros da associação presidida por Luciana Pauletti perceberam que o Jardim Savoia tinha muitos casos de dengue. Dispostos a derrotar o mosquito Aedes aegypti, fizeram um “faxinaço” e ajudaram a mudar essa realidade.
Luciana Pauletti se filiou ao Democratas a partir de um convite do deputado estadual Pedro Tavares, ex-presidente da legenda em Ilhéus. Hoje ela é presidente da instância “Mulher Democratas” no município, um grupamento interno do DEM que estimula e capacita a participação das mulheres no ativismo político. Ela ressalta sua admiração pelo governo de ACM Neto na Prefeitura de Salvador e elogia o perfil jovem e empreendedor de Valderico Junior, que também sabe agregar pessoas.
Pré-candidata a vereadora, propõe o desenvolvimento de políticas que protejam animais de estimação. Lastima o grande número de “pets” abandonados em Ilhéus e enfatiza a importância deles no apoio psicológico às crianças, idosos, deficientes físicos e pessoas com depressão.
Luciana Pauletti também é empreendedora no ramo turístico (possui uma pousada) e defende o incremento do setor, que não recebe a devida atenção da prefeitura. Pretende exigir lisura e respeito com os recursos públicos e lutar pela eficácia das leis municipais.
Ela quer atuar no estímulo à coleta seletiva e à reciclagem, e conferir apoio às cooperativas de catadores.
“Desde 2012 não temos representação feminina na Câmara Municipal de Ilhéus. Eu vejo isso com muita insatisfação, pois não me sinto representada hoje”, lamenta Luciana Pauletti.
Da: ASCOM-DEM-Ilhéus

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu