terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Cadastro de ambulantes para Carnaval do Povo começa nesta quarta-feira (19)


A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Superintendência de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, inicia nesta quarta-feira (19) o cadastramento para vendedores ambulantes que queiram trabalhar no Carnaval do Povo. Os interessados devem se dirigir ao Palácio Paranaguá, no Centro, nos dias 19 e 20 de fevereiro, a partir das 14h. É necessária a apresentação dos documentos: RG, CPF e comprovante de residência atualizado do município. O local para a afixação das barracas será definido pelo setor de Fiscalização de Postura na manhã de sexta-feira (21).
De acordo com a Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), dezesseis blocos já estão confirmados para desfilar dos dias 22 a 25 de fevereiro, das 15h à meia-noite, na Avenida Soares Lopes. A Superintendência informa que os vendedores ficam proibidos de acumular lixo e de utilizar o local como dormitório provisório. 
Os ambulantes também não poderão utilizar materiais perfurocortantes (espetinho, faca ou garfo), em cumprimento às normas e medidas de segurança. Serão permitidas barracas na dimensão máxima de 3mx3m. Após serem afixadas, o setor de Vigilância Sanitária do Município realizará a vistoria.
A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Superintendência de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, inicia nesta quarta-feira (19) o cadastramento para vendedores ambulantes que queiram trabalhar no Carnaval do Povo. Os interessados devem se dirigir ao Palácio Paranaguá, no Centro, nos dias 19 e 20 de fevereiro, a partir das 14h. É necessária a apresentação dos documentos: RG, CPF e comprovante de residência atualizado do município. O local para a afixação das barracas será definido pelo setor de Fiscalização de Postura na manhã de sexta-feira (21).
De acordo com a Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), dezesseis blocos já estão confirmados para desfilar dos dias 22 a 25 de fevereiro, das 15h à meia-noite, na Avenida Soares Lopes. A Superintendência informa que os vendedores ficam proibidos de acumular lixo e de utilizar o local como dormitório provisório. 
Os ambulantes também não poderão utilizar materiais perfurocortantes (espetinho, faca ou garfo), em cumprimento às normas e medidas de segurança. Serão permitidas barracas na dimensão máxima de 3mx3m. Após serem afixadas, o setor de Vigilância Sanitária do Município realizará a vistoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário